Por que os ambientes inclusivos e diversos têm mais sucesso?

O todo é mais que a soma das partes. É acrescentar. E voltar a acrescentar até multiplicar

Na sociedade atual, e concretamente no mundo empresarial, tudo acontece muito rápido. É necessário atualizar-se constantemente, tomar decisões rápidas, olhar para o futuro, enfrentar riscos, fomentar a mudança e resolver problemas de forma ágil.

Nos últimos anos temos assistido a um conjunto de mudanças e de transformações econômicas sociais e culturais cuja rapidez e complexidade não têm precedente. As barreiras existentes entre os diferentes países caem, ampliando as relações internacionais e a oportunidade de contato com outras culturas e pessoas.

Mas a realidade diária com a qual nos deparamos é que não existe uma diversidade real no ambiente da empresa em parte porque estamos muito condicionados e limitados pela forma de pensarmos e vermos as cosas, o que influi nas decisões que tomamos.

Preconceitos no trabalho

Lamentavelmente mesmo que na direção das empresas se lute por ambientes inclusivos e diversos, as discriminações de gênero, origem étnica, orientação sexual ou idade ainda estão muito presentes no ambiente de trabalho. De fato, um estudo da Harvard aponta que 75% dos participantes em um teste sobre gênero e carreira têm ideias preconcebidas sobre a figura das mulheres no trabalho.

Os preconceitos no trabalho são o principal obstáculo que encontramos ao implantarmos ambientes diversos, desse modo o envolvimento e o exemplo dos altos cargos é a chave para alcançar um plano de diversidade eficaz.

Segundo um artigo da Ethic “se as companhias continuarem contratando e promovendo mulheres ao ritmo atual, a quantidade de diretoras no melhor dos casos aumentará unicamente 1% nos próximos vinte anos.”

Na sociedade e nas empresas, muitas vezes priorizamos trabalhar com perfis de pessoas parecidas, com quem provavelmente nos sentiremos mais à vontade e identificados por terem pensamentos e opiniões similares às nossas. Temos de ser capazes de ampliar nossa forma de ver as coisas. Uma excelente maneira de fazê-lo é abrindo-nos a outras experiências e culturas diferentes da nossa. Desta forma conseguiremos romper com estereótipos e preconceitos que vão totalmente de encontro ao desenvolvimento social e empresarial.

Uma cultura que multiplica

As empresas cada dia competem em mercados mais globais para estarem na vanguarda e manterem os processos atualizados. Para podermos fazê-lo, é necessário termos acesso ao melhor talento e contarmos com pessoas diversas que nos permitam ter essa pluralidade que nos oferece adquirir novos conhecimentos, experiências e pensamentos, permitindo-nos perceber outras realidades.

A diversidade oferece a opção de poder dispor de diferentes habilidades, recursos e pontos de vista que nos permitem tomar decisões melhores e mais inovadoras. As equipes diversas dispõem de diferentes perspectivas para poder solucionar problemas levando em conta múltiplas alternativas. Entre os principais benefícios podemos encontrar:

  • Criação de ambientes inovadores
  • Maior facilidade para identificar e incorporar talento
  • Ampliação da visão e conhecimento interno
  • Abertura a ideias novas
  • Mais flexibilidade
  • Promoção da criatividade
  • Fomento do sentimento de empatia
  • Satisfação no trabalho e aumento de pertença da empresa

É um conceito que devemos entender em sua globalidade. A diversidade, contanto que a gerenciemos com respeito e de forma positiva, se transformará em um valor agregado para o crescimento da empresa.

 

Toni Alberich

toni.alberich@nae.es

Learn more:

A Nae trabalha com operadoras de telecomunicações, grandes empresas e administrações públicas para antecipar os desafios de crescimento e transformação do mercado, melhorando sua estratégia de negócio e eficiência operacional. A Nae conta com filiais na Espanha, Colômbia, México, Brasil e Costa Rica, formando uma equipe de mais de 600 profissionais.