A Nae colabora no projeto da Costa Rica para oferecer WiFi nos espaços públicos

A equipe da Nae na Costa Rica colaborou realizando a gerência técnica do projeto ‘Espaços públicos conectados’

Como parte da estratégia de transformação digital da Costa Rica, o Governo fornecerá a 515 pontos do país acesso à internet WiFi grátis para a população poder acessar serviços digitais.

Coincidindo com o primeiro ano em atuação no país,a equipe da Nae na Costa Rica colaborou realizando a gerência técnica do projeto ‘Espaços públicos conectados’, que é ligado a uma rede de fibra óptica nacional sob o lema ‘Zii para todos’.

Ter zonas Wi-Fi públicas e gratuitas nas comunidades traz importantes benefícios a setores tão diversos como administração pública, saúde, comércio, cultura, educação, gestão de emergências ou promoção turística.

Os vizinhos de Pavas (São José) foram os primeiros beneficiários do serviço gratuito de internet que tem o objetivo de reduzir a desigualdade digital por meio da tecnologia de uma forma social e inclusiva impactando a população sem importar a idade, gênero ou nacionalidade.

Os pontos Zii (Zonas Internet sem Fio) oferecerão um serviço disponível 24 horas por dia a uma velocidade de 6 megas de download e upload. A conexão simultânea para 100 usuários tem mecanismos de segurança para mitigar o uso indevido da internet e impossibilitar o acesso a conteúdo nocivo ou violento. Estes espaços, de que cerca de 3 mil costa-ricenses em todo o país já se beneficiaram, também contam com detecção e bloqueio de intrusos, antivírus, proteção contra ataques e padrões de segurança e confidencialidade dos dados pessoais dos usuários.

O programa supõe um investimento de 61 milhões de dólares e é uma iniciativa da Superintendência de Telecomunicações (Sutel) através do Fundo Nacional de Telecomunicações (Fonatel) para criar a Rede Nacional de Banda Larga.

Saiba mais:

A Nae trabalha com operadoras de telecomunicações, grandes empresas e administrações públicas para antecipar os desafios de crescimento e transformação do mercado, melhorando sua estratégia de negócio e eficiência operacional. A Nae conta com filiais na Espanha, Colômbia, México, Brasil e Costa Rica, formando uma equipe de mais de 600 profissionais.